História de uma leitora:

Conheci meu namorado quando fazia um curso em uma escola de informática, ele era meu professor.
Quando iniciei o curso ele namorava, contudo, depois de um tempo esse relacionamento não deu certo e eles terminaram, assim começamos a conversar e ficar amigos.
Com o tempo essa amizade foi se transformando em amor e quando vi estava louca por ele!
Sofri muito por um tempo, porque ele saia com outras meninas e dizia pra mim que não poderia ficar comigo por ser meu professor.

Após 2 anos de espera e muitas turbulências, ficamos pela primeira vez, e quando vi já estávamos namorando, entretanto ele não foi a minha casa conhecer minha família nem nada... Eu tinha tanto medo de perdê-lo que não exigia nada dele, apenas tentava contornar as coisas em casa.
O tempo passou e nada mudou, já terminamos várias vezes pelo mesmo motivo: Ele não frequenta a minha casa e não me acompanha nas festas da minha família, pois diz que não gosta de festas. Mas o engraçado é que quando as festas são da família dele, ele gosta que eu esteja presente e eu sempre estou.
Meus pais já aceitaram esse jeito dele, mas eu me chateio da mesma forma, porque gostaria que fosse diferente, que fosse igual a todo mundo, um relacionamento normal.
Tenho medo de me casar e me afastar por completo da minha família por causa dele.
Perguntei pra ele uma vez como seria depois de casado e ele me respondeu que moraríamos em outra cidade para evitar as "festas de família".
Por outro lado, ele para mim sempre foi ótimo, não tenho o que reclamar. Sempre carinhoso, atencioso, por isso tenho medo também de deixá-lo e me arrepender depois por isso.
Enfim, estou perdida e não tenho com quem falar sobre. Me sinto dividida e qualquer lado que eu escolha vou estar decepcionando alguém ou a mim mesma.
Gostaria que você me desse uma luz por favor!

                   ................................................................//....................................................................

Olhe, quando eu li essa história, eu confesso que fiquei pensando: mais uma história do mesmo jeito! Quero te informar que isso acontece com muitas pessoas. O coração do ser humano é muito confuso, ele tende a sempre querer nos enganar, nos frustar e até nos matar, cuidado! Para começo de conversa, já vou te informando que eu apenas vou te orientar de acordo com as minhas concepções, logo, afirmo que não sou o dono da verdade, certo? Pois então vamos lá... 
Tem uma parte da sua história que me chamou muito atenção. Você afirma a todo instante que o seu namorado não frequenta a sua casa e que ele não gosta de participar de festas da família. Olhe, isso é um ponto muito negativo... o casal quando se casa, ele não se casa apenas um com o outro, mas com a família também, certo? Acho que você já ouviu essa frase... Então querida, saiba que você casando com ele desta forma, trocará sua família por ele. Acho que seu relacionamento caminhando assim, não está indo num caminho certo. Você precisa visitar a família dele, e perceber como ele trata a mãe, o pai e os irmãos dele, isso é muito importante. Se seu companheiro não trata bem os parentes dele, imagine você que não faz parte da família dele? Devemos ter cuidado, porque o casamento é um passo muito importante... Você falou que os seus pais já aceitaram esse jeito dele, não é? O que te digo é o seguinte: o que vale é o que você pensa sobre isso... Não adianta os seus pais aceitarem e você não aceitar essa situação. Você tem que estar com alguém que ama estar com você, mas com a sua família também. A vida é feita de escolhas, cuidado com as suas escolhas. O seu futuro é reflexo das suas escolhas do presente. Amiga, quero finalizar dizendo o seguinte: "o seu presente pode estar até comprometido, cheio de dúvidas, tristezas e angustias, mas o seu FUTURO está INTACTO, só te esperando, aproveite!

Felicidades, é tudo que te desejo.



Próxima Página Home