Namoro e planejamento financeiro combinam?

Todo mundo sabe que namorar é a fase mais gostosa do relacionamento, pois o casal está conhecendo um ao outro e ambos estão fazendo o máximo para conquistar o interesse um do outro, não é mesmo?
Pois bem, só que muitos esquecem que o namoro também é uma fase de construção, ou seja, é a fase que o casal já pode começar a planejar seu futuro a dois.


Mas como colocar esse assunto chamado finanças em um relacionamento que ainda não está oficializado?

Muitos casais ainda tem uma grande dificuldade para falar sobre planejamento financeiro durante o namoro, porque acreditam que podem quebrar o romantismo e acabam deixando isso para o casamento. 
A seguir quero passar algumas ideias que aprendi lendo livros sobre finanças para casais e desejo que você preste bastante atenção no que será exposto e, possa mudar assim suas concepções em relação ao título desse post: "Namoro e planejamento financeiro combinam?"

Para iniciar preciso perguntar uma coisa: seu namoro é um namoro mesmo ou você está namorando pra passar o tempo? Se a sua resposta é que está namorando pra passar o tempo, então meu querido é melhor você procurar um assunto que esteja relacionado com esse seu pensamento!
Agora para você que está namorando e deseja saber como pode ter uma vida financeira saudável com o seu parceiro, segue as dicas:

Comece a conversar junto com seu parceiro qual a visão que ele tem em relação ao uso dos seus rendimentos, assim como também procure saber como ele usa seus rendimentos de forma satisfatória na vida.
Crie o hábito de planejar como poupar para ter um futuro mais confortável. É de suma importância que exista planejamento, por que sem planejamento não existe como conquistar aquilo que se deseja.

Reserve uma parte dos seus rendimentos para o lazer. Lidar bem com o dinheiro não significa que você não pode ter um lazer com seu parceiro, no entanto isso deve ser planejado.
Os casais precisam ter consciência que o namoro é a fase de descobrir se o seu companheiro tem os mesmos projetos que os seus. 
Podemos citar um exemplo clássico sobre esse assunto: o rapaz que morar em uma casa e a moça quer morar em um apartamento. Como resolver essa situação? Você deve conversar e entrar em consenso, porque se você deixar para discutir isso quando já estiverem prestes a casar, pode ser tarde demais e um dos dois certamente ficará frustado com a decisão do outro.

Outro pensamento que os namorados precisam adquirir é o seguinte: "o que é meu é nosso". O casal precisa administrar os seus rendimento e despensas de uma forma transparente, mostrando sempre interesse que deseja acrescentar e não subtrair. A ato de tomar decisões juntos na compra de alguma coisa não deve ser adquirida apenas quando já estiverem casados, mas deve se iniciar no namoro, pois isso será um teste para você saber o tipo de parceiro que estará ao seu lado durante o resto da sua vida.
Quem gasta mais? Ambos precisam cuidar das vontades pessoais. Essa história que a mulher gasta mais do que o homem é uma ideia bastante equivocada, porque o homem gasta tanto quanto a mulher, no entanto nós (os homens) tomamos decisões de compra com menos frequência.

Bem, vou parando por aqui. Espero ter ajudado a você que ainda não começou a conversar com seu parceiro, sobre este assunto tão rico para a fase do namoro.

Quaisquer dúvidas relacionadas ao post, você pode enviar um e-mail para o Analogias do Amor no "Espaço do Leitor" no Menu do blog ou comentar abaixo.

Fiquem com Deus e até a próxima!


By: @WezitonMedeiros
Página Anterior Próxima Página Home