Vida sentimental, vamos falar um pouco sobre ela?


Muitas pessoas sonham em encontrar alguém especial para se casar, formar uma família e ser feliz. Poucas igrejas e poucos pastores se preocupam em ministrar para suas ovelhas acerca da vida sentimental e, é exatamente por problema nesta área que muitas pessoas se afastam do Evangelho. Esse blog foi criado no intuito de ajudar a outros jovens solteiros  ou até mesmo que já casaram, na sua vida  sentimental e matrimonial. 

Quero passar princípios importantes para a sua vida sentimental ser abençoada.

Vamos lá?

1° Não fique ansioso (a)

A ansiedade faz a pessoa que está “esperando” se envolver com o primeiro bonitinho ou bonitinha que aparece na sua frente e geralmente isso não dura pouco.

2° Se valorize

Não existe coisa mais feia dentro de uma igreja do que a menina ou o rapaz que não se valoriza.  Me desculpem, mas a menina que fica com um e outro não possui valores morais ou podemos dizer no popular mesmo: "Não se Valoriza". O jovem precisa ter um alvo, precisa ter seu foco, pois no tempo certo Deus envia uma pessoa certa.


3° Se não vai casar, pra que namorar?

É típico você ver duas pessoas namorando, que quando é questionado quando será o casamento eles dão gargalhadas e dizem:
Ainda vamos fazer faculdade, arrumar um emprego, procurar um lote, juntar um dinheiro, começar a contruir uma casa, formar, etc etc... Ou seja, só irão se casar daqui 15 anos (risos...)

Me responda uma coisa… Neste mundo de hoje, será que eles conseguirão ficar nestes 15 anos (exemplo) só de beijo e abraço? Me desculpe mas até hoje não conheço UM caso sequer. Então se não vai casar, não procure namorar agora, não brinque com a carne porque você perde a guerra, a não ser que esteja no ESPÍRITO e quem está no espírito evita o pecado.

4° Namoro cheio de brigas

Se existe falta de respeito no namoro, no casamento não será diferente. Procure uma pessoa que lhe respeite, uma pessoa que te valorize, que não entre em atrito com tudo o que você faz, que compreende e que tenha a mesma visão que você.

Conheci um rapaz, que tinha muita vontade de ser pastor e pregar a palavra, porém conheceu uma moça – muita bonita por sinal – e o sonho desta moça era se formar em contabilidade e ter o seu próprio negócio. Ou seja, o sonho do rapaz era rodar pelo Brasil e mundo pregando a Palavra, o sonho dela era fixar em um local e ter o seu próprio negócio.

Conclusão: O rapaz abriu mão dos seus sonhos de ser pastor e se casou com esta moça, com crise no casamento, pois ele até hoje pensa que vai convence-la de largar tudo e fazer a obra com ele. Se ela não fez isso antes de se formar, imagine depois!

5° Ambos serem servos de Deus

Casamento é ligação de alma, você tem que ligar a sua alma com quem tem a alma ligada com Deus. Você verá vários exemplos na bíblia onde Deus se preocupava com o fato dos seus filhos se misturarem com outros povos:

Nem te aparentarás com elas; não darás tuas filhas a seus filhos, e não tomarás suas filhas para teus filhos;Pois fariam desviar teus filhos de mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do SENHOR se acenderia contra vós, e depressa vos consumiria.
Deuteronômio 7:3-4

6° Antes de firmar um namoro ou noivado, orem por um tempo

Acho que isso é fundamental, oração para consagrar e saber se é a vontade de Deus, proponham um propósito de oração por algum tempo determinado.



7° Honrem a Deus com o seu corpo:

Todo namoro que começa com oração e passa pouco tempo e os dois ja estão tendo relacionamento sexual, é semelhante à pessoa que plantou boas sementes mas depois tirou a semente boa e plantou sementes ruins, porque de um jeito ou de outro, futuramente colherá o que se plantou.

Se você que está lendo este Post, está namorando mas vive vida de casado, quero lhe adiantar uma coisa: Ou você se arrepende agora e começa a andar direito, ou se prepare, você terá um casamento fracassado.




Namoro com relação sexual é a maior prova de que um NÃO ama o outro.

Se os dois não são fiéis a Deus para se guardarem, quem garante que um será fiel com o outro para sempre? Quem?

Texto escrito pelo Pr. Leando Santos/ Adaptação Wéziton Medeiros
Página Anterior Próxima Página Home