Antes mal acompanhado do que só.


Será que isso existe mesmo? 

Estar acompanhado de alguém que às vezes não te faz se sentir completo (a), vale a pena? 

A seguir eu vou mostrar algumas dicas da psicóloga Débora Targiano, falando sobre o assunto. 
 
Para amenizar a dor da solidão, pessoas investem em relacionamentos vazios, sem amor, sem futuro e sem respeito. A solução para esse mal é simples: autoconhecimento e amor próprio.

Para manter as aparências, ter uma companhia constante ou esquecer um amor não correspondido, homens e mulheres investem em qualquer tipo de relacionamento, mesmo que não haja amor. 

Nem sempre o resultado é o desejado e, muitas vezes, ambos os envolvidos podem se machucar. No entanto, o medo da solidão e a insegurança fazem com que o comportamento se repita.
A psicóloga Débora Targiano afirma que pessoas buscam segurança e, muito provavelmente, não têm autoestima elevada. "Muitas pessoas se aventuram numa relação em que o parceiro ofereça carinho e proteção, porém essas pessoas costumam não se satisfazer por inteiro, pois não há um vínculo maior de afeto e prazer", afirma a psicóloga.


Débora ressalta que o medo da solidão é inerente a qualquer ser humano. "Todos temem o medo da rejeição. E muitas pessoas "apelam" para relacionamentos afetivos desgastantes apenas para evitar a dor da solidão. Não há uma fórmula única para se encarar a solidão. O que costumo dizer é que a pessoa não deva temer o medo de vivenciar esse momento. 

Aparentemente o "estar sozinho" só traz dor e sofrimento, porém pode trazer bons aprendizados e amadurecimento pessoal", ensina.
Débora aconselha aprendermos a conviver com o fator de ficar só. 

"Todo ser humano é solitário. Não existe uma pessoa que nos complete por inteiro, nós é que acreditamos nisso para poder dar a impressão de que alguém irá nos satisfazer e nos entender plenamente. Isso é humanamente impossível", ressalta a psicóloga. Para quem está cansado de embarcar nesses relacionamentos, a psicóloga dá a dica: 

"É preciso que haja um processo de autoconhecimento. As pessoas devem se amar mais também. E quando investir em uma nova relação, ela deve ter em mente de que apenas será o companheiro de jornada de vida de uma outra pessoa e não aquela pessoa que estará com ela, que será o seu "salvador", acabando de uma vez por todas com todas as suas insatisfações", finaliza.

Espero que esse texto te ajude a refletir que devemos nos valorizar. A humanidade está repleta de pessoas querendo um relacionamento serio, entretanto, às vezes nós demoramos para encontrar nosso "par perfeito". Um dia chega... aprenda a esperar!

Cheers!
 
@WezitonMedeiros
Página Anterior Próxima Página Home