Por que se apaixonar é mais fácil que esquecer?

Ficamos apaixonados por alguém num piscar de olhos, mas porque demoramos mais pra esquecer?

Fácil. Sabemos que no processo da paixão estão envolvidos vários fatores químicos e psicológicos que fazem com que a gente se sinta bem, quase como uma droga.

Nós buscamos mais e mais pela sensação gostosa de um frio na barriga e até arrepios. Assim tudo acontece rápido demais. 




Buscamos sempre por aquilo que faz com que a gente se sinta bem.


Só é ruim quando o namoro terminar. Você procura e não acha mais aquela sensação.


A perda se torna real, e quando não aceitamos a tal perda, guardamos a pessoa dentro da gente, e ficamos remoendo os bons momentos que não irão mais voltar.

Quanto mais a gente mantém as boas memórias dentro da gente, mais sofremos.

As boas memórias não deviam fazer mal não é mesmo?

Elas fazem porque não irão se repetir com a tal pessoa. Você não está se lembrando daquela viagem que fizeram como uma lembrança boa que aconteceu, mas com uma sensação de que nunca mais terá o momento de volta, sensação de que você não foi relevante na vida deste alguém, de que a pessoa não dá mais a mínima pra você.

Não é mais difícil a gente esquecer do que amar. Acontece que para a pessoa que se separa, que "vai embora", a paixão acaba da mesma forma que começa. Só depende do ponto de vista.

Algumas pessoas nem mesmo conseguem se apaixonar facilmente, enquanto outras, basta um "oi tudo bom", que elas já estão suspirando sem entender o sentimento repentino (risos)...

Cuidado gente, a paixão é uma coisa muito perigosa!

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" 


E você o que acha? É fácil esquecer um amor? Comente abaixo.

Wéziton Medeiros
Página Anterior Próxima Página Home